HOME BRINQUEI DE INVENTAR O MUNDO LETRAS E CIFRAS AGENDA IMPRENSA FOTOS VÍDEOS CONTATO

1 - Onde eu sei

Jozi Lucka

 

 

Eu sei que tudo, um dia, vai passar

A vida inteira eu sempre quis chegar

Aqui com você

 

O tempo passa pra te acompanhar

Se faz pirraça, você deixa estar

Assim, tudo bem

 

Quando nada mais trouxer espanto

A maravilha, a tarde toda azul

O seu retrato, o seu sorriso

 

Vai dar pra lá do céu azul

Onde eu sei

Vai dar pra lá do céu azul

Onde eu sei

 

De que tudo (ou quase tudo)

Nada (ou quase nada) é

2 - Você é real

Jozi Lucka/Sani Guerra

 

 

Penso passar meu tempo

Tentando te esquecer

Mas essa dor não passa

Não sei o que fazer

 

Você é tão real

Aqui, em tudo o que ficou

Na tarde, espaço sideral

No amor, na voz, na imensidão (nessa canção)

 

Penso que vale a pena

Te ter nessa canção

Nossa casa sempre aberta

Uma nota pra visão

 

Cheiro de flor de laranjeira

Só pra te ver chegar

Amanhece a primavera

Na minha solidão

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "ONDE EU SEI"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "VOCÊ É REAL"

3 - Menina preta

Jozi Lucka

 

 

A gente andava na beira da praia, de mãos dadas, felizes

A lua era tão cheia, prateava matizes e você, pedindo pra cantar

A música da sereia

 

A gente cantava a menina preta do Caetano e sabia

Tudo era perfeito, era só alegria

Vida era tão simples de viver

Ter você sempre ao meu lado

E da sereia

Você era a sereia

Era Iemanjá

 

 

A gente sonhava, ria e gargalhava - tudo era possível

A mãe, o mar medonho - som das ondas, raízes

Milhas de oceanos pra cruzar sempre ao seu lado

 

A água brilhava, a gente flutuava a gente era incrível

Ouro e prata, tudo azul, areia e sol

O mundo poderia acabar

E a gente lá

4 - Brinquei de inventar o mundo

Jozi Lucka/Nenung

 

 

Brincando em par

Brincando junto

Falando até sobre a falta de assunto

Invento um mar, invento um mundo

Quando cansar, invento outro

Eu vim pra cá

Parece tanto

Mas vou partir só, só num instante

 

Me dê pra cá  o meu direito

De entortar seu preconceito

Eu vou rasgar com alegria

Todo contrato que me proíba

De vir brincar junto ou sozinho

De achar que é tudo só dar carinho

Se for roubar, roube meu medo

De revelar que não há segredo

 

Me dê o pé, me dê seu dedo

Me dê o sol, que eu acordo cedo

Pra aproveitar que o tempo é isso

Colagem de jornal sem muito nexo

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "MENINA PRETA"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "BRINQUEI DE INVENTAR O MUNDO"

5 - O Dia da bruxa

Jozi Lucka/Nenung

 

 

É que você foi guardar nossas faíscas

Logo na caixa de fogos

E a cabeça quente fez o seu serviço sem pensar

(como era de esperar)

É que a faísca que arrisca também queima sem saber parar

Daí, a arte da conquista é arte de se dominar

 

Não acredito que haja regra que nos salve de nós mesmos

Juntamos tudo e disfarçamos mal, brincando de esconder

Não acredito em gente que se ache acima do seu mundo

Quem aqui nasce, tem sua parte 100% a resolver

 

Tome impulso, assuma sua força

Descubra como fazer

Tome coragem, encare a miragem

Que veio só por você ...

 

Pois foi você que nasceu bruxa

Agora siga sua sorte até saber

Encare a força da fogueira que aqueles que não sabem

Prepararam pra você

6 - Alegoria

Jozi Lucka

 

 

Hoje eu fiz um samba em homenagem a você

O carnaval já bate à nossa porta

A batucada no terreiro

Animação da nossa escola

É tanta alegoria à nossa volta

 

Pra quê chorar?

Te amo todo dia

 

Paetês e purpurinas

Colombina e pierrot

Todos vivem a mesma fantasia

 

Toca pandeiro

Repica tamborim

Chora só na cuíca

Bate, bate, bate, bate

Bate, coração

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "O DIA DA BRUXA"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "ALEGORIA"

7 - O que você quer

Jozi Lucka/Cândida

 

 

Eu não sinto mais nada

Já são águas passadas

Nossa cor desbotou

 

Eu vesti o vermelho

Do calor do meu corpo

E a lua cantou

 

Olho e danço pra ela

Brinco e faço uma festa

Um brinde ao amor

 

Qual seu desejo?

O que você quer?

Faça um pedido ao céu

 

Fica em segredo

Esse mistério

Tá combinado também

8 - A chave (perdida) do Sol

Jozi Lucka/Nenung

 

 

Quis ficar deitada aqui, fazendo nada

Foi o vento que soprou

À minha janela, entrou raio de sol e nuvem

Não veio você

Som dos passos confundiram pássaros que levo para passear

A saudade que sustento sinto, gota a gota, vir descongelar

O sol é você ... a chave eu perdi

Saudade que vou te dizer

Janela se abriu e meu mundo lembrou de você

Som na porta, a chave gira, mas já sei, agora, que não é você

Vou pra vida

E é mentira que ficou mais fácil de me convencer

Vou dar jeito (sempre acho um jeito novo)

De tentar te esquecer

Chaves, nuvens, armadilhas

Pra roubar do tempo seu louco poder

O sol é você ... a chave eu perdi

Saudade que vou te dizer

A porta se abriu e meu mundo lembrou de você

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "O QUE VOCÊ QUER"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "A CHAVE (PERDIDA) DO SOL"

9 - Transparência

Jozi Lucka/Nenung

 

 

Você se prendeu tanto às aparências

Que, nisso, a transparência se perdeu

A distância já imensa da essência

E já não acho mais o que oferecer

 

Como aqueles comprimidos que eu, criança,

Via efervescendo vitamina C

Borbulhando, lá no fundo

E as bolhas só se confundindo

Sem sentido, de um caminho e seu porquê

 

A beleza do não dito

Virou silêncio recolhido

Esvaziou

O final já tão distante do início

Não pelo tempo e, sim, por tudo o que mudou

A beleza em que confio e acredito

Breve intervalo, desencontro, contrapé

Talvez eu vá por um bom trecho

Sem ter junto outro começo

Um contraponto pra me fazer mulher

 

Você se prendeu tanto às aparências

Que, nisso, a transparência se perdeu

E sem transpiração, a graça seca

Então, tratemos de inspirar o que ficou ...

10 - Completa

Jozi Lucka/Nenung

 

 

Surpreendi, um dia, sem te ter

(Já pedi pro tempo te trazer e agora ...)

Salto e sinto o espaço solto em mim

(Eu, que já transgredi a lei de querer ser sozinha)

Salto e sou saudade em pleno voo aberto

Sei que sou completa com você ... por perto

 

Furo a onda, rolo no jardim

(Eu vi que enlouqueci, mas sei que vai passar)

O seu corpo desnudo é objeto de estudo pra essa minha mão

Sozinha, salto e sou saudade em pleno voo... desperto

Orbitando tua lembrança em mim

(Um astronauta ateu, deus sem definição)

Passeando, à noite, na esteira da imaginação, meu corpo pensa em ti

E, falando no tempo, eu garanto que aguento esse dia assim ...

 

Sozinha, salto e sou saudade em pleno voo desperto

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "TRANSPARÊNCIA"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "COMPLETA"

11 - Dimensão

Jozi Lucka

 

 

Você nem sabe o quanto eu te quero

Por tanto, te espero aqui

Deixa ser o que pode ser

Já não temos muito tempo

Você vai, você vai...

E eu? Onde fico?

Meu desejo é agora

E os seus planos, em outra dimensão

 

Você nem desconfia ou disfarça muito bem

Volte a pé, de trem ou avião

Na fé em disco voador

Eu te quero perto pra te amar

12 - No cata-vento do dia

Jozi Lucka/Nenung

 

 

Caem as fichas no som

Batem as rodas do trem

O peso nas costas são só umas coisas que quero levar

Pra longe de tudo que, por muito pouco, não vi naufragar

Toda dor, toda angústia

Vão desfiando na paisagem

Tenho tão pouco de fato a levar...

Esse violão e umas roupas pra brincar

Já cansei de correr e gritar

Agora sou sopro forte

No cata-vento do dia

Vem, se quiser aprender a cantar

Vem, que preciso aprender a ensinar

Como ver, como ouvir, intuir o que sinto ao redor

CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "DIMENSÃO"
CLIQUE AQUI E BAIXE AS CIFRAS DE "NO CATA-VENTO DO DIA"